Imagem da Globo, além da telinha, está agora consolidada na internet

Colhem-se os primeiros resultados da implantação do projeto Rede Globo de Internet, para unificar a imagem das afiliadas da emissora na web. Claudia Quaresma, diretora de Relacionamento com Afiliadas desde 2003, falou ao Portal dos Jornalistas sobre os desdobramentos desse trabalho, concluído no final de 2013. Portal dos Jornalistas – Qual é o alcance do projeto? Claudia Quaresma – A Rede Globo é composta por 122 emissoras. Destas, cinco são da Globo e estão localizadas nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Belo Horizonte e Recife. As outras 117 são afiliadas, e estão espalhadas por todos os estados. Portal dos Jornalistas – Como era a exposição na web no início do projeto? Qual o inconveniente desse formato? Claudia – Cada afiliada ou emissora da Globo tinha sua oferta de internet de forma independente. Não existia uma identidade visual uniforme, os sites eram desenvolvidos por diferentes parceiros de tecnologia e as ofertas de vídeos não seguiam um padrão de formato e qualidade. Portal dos Jornalistas – Quais foram os principais desafios enfrentados nesses anos de desenvolvimento do projeto, que teve início em 2011? Claudia – O primeiro foi desenvolver um sistema que oferecesse ao usuário um padrão visual e de navegação e, ao mesmo tempo, valorizasse a identidade e o conteúdo de cada região. Depois, considerando as dimensões continentais do nosso país, o desafio foi implantar o sistema em todos os estados, mobilizando centenas de profissionais que passaram a produzir conteúdo exclusivo para a web. Portal dos Jornalistas – Como é a produção de conteúdo regional agora? Quem coordena, a partir de onde, todas as equipes locais? Claudia – Cada afiliada ou emissora da Globo é responsável pela cobertura de sua região e conta com um coordenador de jornalismo exclusivo para cada uma das ofertas. Além das páginas de G1 e Globoesporte.com, esses profissionais também são responsáveis pela maior cobertura de futebol do País, com mais de 300 páginas de clubes e de todos os campeonatos estaduais e nacionais. Existe uma equipe de rede, em São Paulo e no Rio de Janeiro, responsável por selecionar as pautas relevantes de cada região e divulgá-las nas capas nacionais de G1 e Globoesporte.com. Portal dos Jornalistas – Noticiamos que foram criadas novas páginas. Pode dar os exemplos mais significativos? Claudia – A cobertura regional que as afiliadas realizam é o grande diferencial do projeto. Foram mais de 4 bilhões de pageviews nestes três primeiros anos, e isso só foi possível porque contamos com equipes espalhadas por todo o Brasil, presentes onde o fato acontece. Acessar as páginas regionais é muito simples: *No g1.globo.com, basta clicar em Sua região na barra de menu superior e escolher uma das ofertas; *No globoesporte.globo.com, você deve clicar no ícone de menu, depois em Seu estado e escolher um estado ou região; *E para ter acesso à home de cada emissora, acesse redeglobo.com.br e na barra de menu superior clique em Sua TV local e selecione a emissora desejada. Portal dos Jornalistas – Que resultados a Globo começou a colher? Claudia – O principal resultado foi estender para a internet o sucesso da parceria que a Globo já tem com suas afiliadas na tevê. Trata-se de uma ação pioneira, que consolidou a liderança do projeto nas categorias Notícias, Esporte e Entretenimento na internet, além de garantir a maior produção de conteúdo regional na web do País. E tudo isso com a mesma identidade visual, alto padrão de qualidade de vídeos, valorização e respeito à diversidade do Brasil.