Governo de São Paulo despeja Associação dos Correspondentes Estrangeiros

Este Portal dos Jornalistas recebeu nota da Associação dos Correspondentes Estrangeiros de São Paulo (ACE-SP), assinada por sua presidente Stijntje Blankendaal (presidente@correspondentes.org.br), denunciando ter sido sumariamente despejada de sua sede, uma sala na rua Boa Vista, 150, no centro da capital paulista, cedida desde o ano passado pelo Governo do Estado. O motivo seria “corte de gastos”. Segue o relato de Stijntje: “Enquanto funcionários do Governo e a diretoria da ACE ainda negociavam a forma de preservar esse espaço ou a transferência para uma outra sala disponível, fomos informados, na 2ª.feira, 14 de setembro, para deixar a sala até o dia 15, 3ª.feira. De uma hora para outra ficamos na rua e sem nenhuma margem para conversar. Tivemos que sair às pressas, tirando da sala os objetos de valor. No final de agosto recebemos uma carta de desocupação em 30 dias, e uma cobrança de quase dez mil reais, usada para pressionar a nossa saída. A última informação que tivemos foi que não havia necessidade de pressa. Mas nem o prazo de 30 dias previsto na carta foi respeitado. O despejo acaba com uma importante iniciativa que vinha sendo conversada há anos entre a ACE e o Governo do Estado, para que São Paulo conte com um Centro de Imprensa Internacional, nos moldes dos que existem em importantes cidades pelo mundo, aproveitando uma das tantas salas que o Governo tem sem uso, como era o caso da sala na rua Boa Vista. A ACE está à procura de um novo espaço. Deixamos aqui registrado o nosso protesto, pela forma desrespeitosa com que fomos tratados.” Procurada por este Portal dos Jornalistas, a assessoria do Governo do Estado não se manifestou.