Gastronomia: prato para 102 profissionais do Portal dos Jornalistas

No Portal dos Jornalistas temos profissionais que escrevem sobre comida vegana, comida ogra, francesa, alemã, vinhos, roteiros gerais e especiais para cada destino. Fazem parte do Portal jornalistas que escrevem sobre comida judaica (kosher ou não) e trazem novidades para o cardápio, como hóstias ainda não abençoadas. Alguns, além de profissionais da notícia, são gastrônomos (eficiência na prática culinária) ou gastrólogos (formados em universidades nacionais e internacionais). Alguns listam sugestões para a cozinha, por exemplo, uma forma para fazer o ovo em formato de pôr do sol. O cardápio é grande e abrimos com o dito: “Quem tem boca, come até chegar a Roma!”. Frank Martins, editor do site Urbanistas, de Belo Horizonte, nas horas vagas também escreve no blog Comida Ogra, onde dá destaque aos pratos típicos dessa culinária na cidade e dicas de como incrementar as refeições feitas em casa. Segundo ele, quem criou o termo foi André Barcinski – “comida ogra”, ou seja: muita comida, o suficiente para alimentar um ogro (um gigante, um Shrek). Fernanda Frozza escreve para o portal Terra o blog Vegê, onde ensina sobre a comida veggie, sem carne. Dá receitas e divide informações sobre lugares para comer. Apresenta-se no blog como “jornalista, vegetariana e apaixonada por comida”. Explica que “depois de muito miojo e ovo frito, aprendeu a viver bem sem carne”. Estreou no Terra no final de novembro de 2013 escrevendo sobre o homem mais forte do mundo: um vegano. De resto, os textos são bem-humorados e trazem toques do dia a dia da vida de Fernanda. Dá para aprender comer bem dando boas risadas. A gastronomia pernambucana entra no Portal com a assinatura de Lecticia Cavalcanti. É colunista de revista Gosto, Caderno Sabores da Folha de Pernambuco e comanda blog no Terra com a sua pesquisa sobre os nomes e sabores da comida regional. No livro Esses pratos maravilhosos, explica o porquê dos nomes de 72 deles. Já lançou diversos livros sobre o tema e tornou-se imortal da Academia Pernambucana de Letras. Potiguar, Cinthia Outeda é editora de Cultura da Tribuna do Norte e edita o blog Ao Ponto, com roteiros gastronômicos, culinária e, conforme explica, “coisa de comadres”. Hóstias, as “bolachinhas sagradas”, também já caíram no gosto dos gurmês. A comida abençoada foi assunto de Júnior Milério em Os Papa-Hóstias, escrita para a revista piauí e republicada na edição francesa do jornal Courrier International. De acordo com Milério, as hóstias mexicanas podem ter cores de Frida Kahlo; na Colômbia, são lambrecadas com doce de leite; e em São Paulo, viram docinhos de batizado, casamento, aniversário. Para falar do assunto, ele entrevistou o chef confeiteiro Lucas Corazza, habituado a preparar doces à base de hóstias e concluiu: “Como se vê, nem toda hóstia nasceu para corpo de Cristo”. Iguarias recomendadas por Josimar Melo vêm com a referência deste que é considerado o pioneiro na imprensa especializada em informações relacionadas a cozinha, arranjo das refeições, arte de saborear e apreciar, além de roteiros gastronômicos. Ele pode ser lido no blog, em guias gastronômicos e nos livros Berinjela, Vinhos, Cervejas e Cozinha sem chef. Também atua em tevê e rádio, além de participar de eventos no Brasil e no exterior. Com toda essa competência, leciona História da Gastronomia na Universidade Anhembi Morumbi (SP) e é membro do comitê organizador do júri latino-americano na eleição dos cinquenta melhores restaurantes do mundo, realizada anualmente pela revista londrina Restaurant. O gosto do brasileiro pela comida japonesa e mesas natalinas estão garantidos no Portal dos Jornalistas com Lúcia Helena de Camargo. Em 2011, ela foi uma das ganhadoras do XIV Troféu São Paulo de Gastronomia, promovido pela Câmara Municipal, com a matéria Peru, pernil e mais: a mesa natalina sob encomenda, publicada no Diário do Comércio (SP). Na mesma ocasião também recebeu o prêmio pela terceira melhor reportagem da categoria, com Sashimi na padaria, sushi no supermercado. “Yes, nós temos bananas” também no Portal dos Jornalistas, e elas veêm com Loreta Fagionato. Em maio de 2011, criou o blog Banana Smoothie, que divulga receitas e notícias sobre o mundo da cozinha. As imagens do blog mostram a banana em versões para diversos gostos e paladares. Marcelo Katsuki assina no site da Folha de S.Paulo o blog homônimo, que traz como complemento do título Comes e Bebes. Tem receitas, roteiros de restaurantes, bares, lugares, o bom e o barato das cidades, curiosidades também em vídeo. Entre estas, dica de como fazer um ovo em formato de pôr do sol. É colaborador da revista sãopaulo, da Folha de S.Paulo, e colunista da Prazeres da Mesa. O blog Simplesmente Vinho, do Terra, traz uma safra de notícias assinadas por Marcelo Copello, que também pode ser encontrada na revista Baco, onde ele é diretor de Conteúdo. Copello foi eleito em 2009 como best journalist e the most influential wine journalist pela revista Meininger´s Wine Business International, a mais respeitada publicação mundial dedicada aos negócios do vinho, com circulação em 40 países. Em 2011 foi Personalidade do Vinho pelo site Enoeventos. Entre os livros que lançou estão: Os sabores do Douro e Minho, O vinho para quem tem estilo, Diário de um náufrago em um mar de vinhos e Vinho & algo mais. Para Luiz Horta, vinho também é o tema. Autor do blog glupt!, é editor assistente do suplemento Paladar do Estadão. Seus textos flertam com gastronomia e literatura, para os quais empresta sua dose de bom humor. Lançou o título O melhor da gastronomia e do bem-viver com uma plêiade de autores selecionados pelo critério de quem degusta um bom vinho. São 39 autores e 69 textos, que abordam as boas coisas da mesa, com curiosidades incríveis sobre o mundo da gastronomia e da alta cozinha. “Jornalista por vocação e chef por paixão”. Assim se classificaManuel Alves Filho, cozinheiro autodidata e crítico gastronômico, que mantém o blog Toque de Chef no portal da Rede Anhanguera de Comunicações (RAC), do interior de São Paulo. Para Nilu Lebert, o assunto entra em outras artes. Dentre os livros que lançou, estão: O cinema vai à mesa, Bebendo estrelas e Comidas da alma, entre outros. Com Rubens Ewald Filho, é palestrante na área de gastronomia no cinema. Pinheiro Machado é comentarista sobre o tema na Rádio Gaúcha, colunista do Zero Hora e apresentador do programa Anonymus Gourmet na RBS TV e na TVCOM (RS). Anonymus lançou nesta semana a temporada de inverno, com programa sobre sopas. Outros profissionais conciliam gastronomia com temas diversos, como futebol, moda, destinos turísticos. Estão no Portal dos Jornalistas com roteiros gastronômicos que informam ”onde comer o quê”.