Eduardo Reina deixa o DER

Eduardo Reina deixou recentemente a Coordenação de Imprensa do DER, fechando a trinca Artesp, Dersa e DER onde atuava desde março de 2011, e está em busca de novas oportunidades.

Segue, porém, na apuração sobre bebês e crianças sequestradas durante a ditadura militar no Brasil, tema que abordou no romance Depois da Rua Tutoia, lançado em 2016. Nesta semana mesmo está na região do Araguaia, onde participa de evento comemorativo aos 45 anos da Guerrilha do Araguaia e prossegue na investigação. Os contatos dele são edu.reina@hotmail.com e 11-996-027-315.

Antes dos órgãos de transportes do governo paulista, Reina atuou em jornais como repórter, editor, colunista e diretor de Redação em São Paulo e interior, como Estadão, Diário de S.Paulo, Diário do Grande ABC, Comércio do Jahu, Diário Popular e Guia 4 Rodas, entre outros, além de assessoria de imprensa para empresas, organizações e sindicatos.

Fez curso de complementação na Organização Internacional do Trabalho (OIT) na Suíça (1993). Também é autor do livro No gravador (2003).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *