Correção põe Ismael Machado (Diário do Pará) entre os dez mais premiados de 2013

Um erro durante a divulgação dos resultados do Prêmio Vladimir Herzog 2013 acabou interferindo na pontuação final do repórter Ismael Machado, do Diário do Pará, autor da reportagem Os suruí e a guerrilha do Araguaia. O site do Vladimir Herzog indicava o trabalho como tendo sido vencido em equipe. Como a mesma matéria havia faturado o Libero Badaró, o status de individual para equipe foi alterado pela nossa pesquisa durante o cruzamento das informações. Dessa maneira, ao contrário dos 45 pontos de cada premiação individual, ele acabou recebendo apenas 22,5, de equipe, somando um total de 45 pontos em 2013. Com a alteração, Ismael não apenas duplica seus pontos, mas também empata na oitava posição entre os Mais Premiados Jornalistas Brasileiros em 2013, com 90 pontos, ao lado de Mauro Beting e Carlos Alberto Sardenberg. Nos rankings da Região Norte, ele manteve e ampliou sua liderança entre os mais premiados de 2013 e ainda subiu para a nona posição no geral de todos os tempos.