Cley Scholz e Fabíola Pacheco lançam livro que conta a história do Poupatempo

O Governo de São Paulo lançou em 13/1 um livro digital que conta a história do Poupatempo. Criado por Mário Covas, em outubro de 1997, o órgão implantou a ideia de atendimento simplificado e igualitário, para diversos serviços, em único local. Hoje, o programa conta com 72 postos de atendimento e presta cerca de 200 mil serviços por dia.

A obra traz não só a história como apresenta muitos casos de atendimento que tiveram repercussão, além de discutir os desafios da modernização do atendimento no serviço público na era digital. Casos curiosos também são ressaltados, entre eles o furo da venda de um jogador do Corinthians para o exterior, que foi anunciado nas redes sociais do órgão durante a solicitação de uma Permissão Internacional para Dirigir para o atleta.

O livro, de autoria de Fabíola Pacheco, que atualmente integra a equipe de Gestão do Conhecimento do Poupatempo, e Cley Scholz (ex-Estadão, Veja, Valor Econômico, O Globo, Agência Estado, Jornal da Tarde, Diário do Grande ABC e O Estado do Paraná), pode ser baixado gratuitamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *