Brio cria áreas de experimentos jornalísticos e de audiovisuais

O Brio, empresa de jornalismo independente criada em 2015, que atua como produtora de conteúdo e, atualmente, tem no Brio Hunter seu carro-chefe – um serviço de coaching em jornalismo, com análise, qualificação e auxílio para inserção no mercado –, passou a contar com dois novos serviços: Brio Lab e Brio Room.

“No primeiro, produziremos ‘experimentos jornalísticos’”, informa o diretor-geral Breno Costa. “São equipes que irão mergulhar em temas específicos e produzir pautas para outros veículos ou, dependendo do caso, publicadas pelo próprio site. O Room é um espaço para a criação, pesquisa e desenvolvimento de projetos audiovisuais”.

Breno conta que o Lab parte de três grupos: “#scanner, que produzirá conteúdo sobre ações do Governo Federal, em áreas diversas; #BR2019, em que farão, desde já, um acompanhamento sistemático e diferenciado sobre os atuais candidatos a governar o Brasil a partir de 2019; e #sentinelas, em que atuarão da maneira mais discreta possível, buscando apurações mais complexas sobre temas variados – “Nossa Spotlight”, diz Breno, numa referência à equipe do Boston Globe responsável pela investigação de abusos de crianças por padres católicos que deu origem ao filme homônimo.

 

Publicidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *